sábado, 24 de abril de 2010

sigamos



Que a gente siga cultivando um pouco da pureza,
inocência e confiança que a gente tinha aos 8 anos, coisas
que acabam se perdendo com a brutalidade do cotidiano.
Se eu não sinto saudade da infância, é porque essa inocência
de certa forma ainda preservo,porque sem ela ficamos
muito ásperos em relação a tudo.
Então, sigamos inocentes, mas sem deixar de curtir
a magnitude de ser gente grande.

Martha Medeiros


8 comentários:

Júlio Castellain disse...

...
Eu ainda sou menino.
Bj.
...

Lídia Borges disse...

Se há algo que não podemos deixar para trás é essa forma límpida de ver o mundo, pela lupa da infância.

Eu tento ignorar as maldades que o tempo nos faz.

Um beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Meu caminho.

Sou mais um
que se deslumbra
que sente a paz
que a procura em ti

Intuição apenas...
sofrego, incompleto,
terreno, tão terreno,
nas suas finitudes.

Tanto para fazer...
poupo a pouco, pé ante pé
iniciarei minha jornada
mais segura a caminho de ti

Sem medos, sem covardia
anunciando-te pela coragem?...
de ousar mais a acreditar sempre,
que tu estás em mim amor sem tempo...

(Carlos Morais).

Bom domingo pra vc amiga.

beijooo.

Bia Carvalho disse...

Adoro a Martha... ela sempre diz alguma coisa que cabe em algum dos nossos momentos!

Desculpe a invasão, mas eu tenho uma ótima notícia para quem gosta de ler!

O meu blog Amor, Mistério e Sangue está estreando sua primeira promoção em parceria com o escritor Jorge Tavares!!!

O prêmio para o vencedor é o primeiro volume da Série "A guerra das Sombras"

O Livro de Dinaer
Para mais informações sobre o livro
http://www.aguerradassombras.com/dinaer.html

Você não pode perder essa super promoção!!!
http://amormisterioesangue.blogspot.com/2010/04/primeira-promocao-do-amor-misterio-e.html

Bjs e boa sorte!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Hoje a minha visita é para agradecer.
Nestes dias que celebro a minha vida,
tenho certeza de que a mesma
não teria o brilho de hoje,
se não fossem os amigos e amigas
que a tornam valiosa
mesmo que distantes.

A ti gostaria de dizer obrigado:
Obrigado pelas visitas ao meu blog.
Obrigado pelas palavras semeadas.
Obrigado por sentir os meus textos
com os olhos do coração.

Sou eternamente grato a vida,
por mais estes presentes
que de modo gentil
deixas em minha vida,
fazendo de mim uma pessoa melhor,
e pleno de felicidade.

Lindos dias de vida para ti.

Priscila Rôde disse...

O importante é não ser excesso de um ou de outro. Ambos.

- Čαн ' ૐ disse...

quem sabe eu ainda sou uma garotinha ♪
Já dizia CASSIA ELLER !!

Luna Sanchez disse...

Essa é uma boa pedida, sim : alguma doçura, mas de salto alto. ;)

Beijo, boa semana!

ℓυηα