sábado, 26 de fevereiro de 2011

Bilhete da Ousada Donzela

Jonathan,
há nazistas desconfiados.
Põe aquela sua camisa que eu detesto
- comprada no Bazar Marrocos -
e venha como se fosse pra consertar meu chuveiro.
Aproveita na terça que meu pai vai com minha mãe
visitar tia Quita no Lajeado.
Se mudarem de idéia, mando novo bilhete.
Venha sem guarda-chuva - mesmo se estiver chovendo -
Não agüento mais tio Emílio que sabe e finge não saber
que te namoro escondido e vive te pondo apelidos.
O que você disse outro dia na festa dos pecuaristas
até hoje soa igual música tocando no meu ouvido:
“Não paro de pensar em você.”
Eu também, Natinho, nem um minuto.
Na terça, às duas da tarde,
hora em que se o mundo acabar eu nem vejo.

Com aflição,
Antônia


Adélia Prado

(Adoro-muito)

9 comentários:

♥Ela...NSNL♥ disse...

luuu passando pra deixa meu bjo... otimo fds.. e como sempre seu blog é digno de tirar o chapéu!!!bj

Pétala disse...

Lindo demais!

Beijos e pétalas.

: disse...

seu blog é um amor, adoreei segue tbm ? http://amandabaracho.blogspot.com/

Daniel Hiver disse...

Tinha a algo a dizer sobre a postagem mais recente mas a opção está desabilitada.
Ainda assim entendo essa coisa de pensar tanto em alguém que se o mundo acabasse eu nem veria.
Já me senti a assim.Algumas vezes. A sorte é que o mundo não acabou.

Patrícia ♥ disse...

Que bonito seu cantinho..

gostei daquii..
seguindo,
beijo
http://pathyoliver.blogspot.com

Hely ° disse...

Tem (vários)selos pra você lá no meu blog:

meninasegredos.blogspot.com

Bjaum.*.*.

ErikaH Azzevedo disse...

Esses encontros com horas marcadas pra acontecer são sempre os melhores, engravidam as horas de esperas, fertilizam o dia.

Lindo o texto.

Bjos para a menina Lu.

Erikah

Sandrio cândido. disse...

Adelia é sempre maravilhosa.
abraços

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Tanto Antoine,
como Adélia
traziam e trazem em si,
aquela magia boa
de semear ternura
com as palavras.

Que haja sempre em ti,
sonhos por sonhar.