quinta-feira, 7 de janeiro de 2010


Via weheartit


Sofrer dói. Dói e não é pouco.
Mas faz um bem danado depois que passa.
Descobri, ou melhor, aceitei: eu nunca vou esquecer
o amor da minha vida. Nunca.
Mas agora, com sua licença.
Não dá mais para ocupar o mesmo espaço.
Meu tempo não se mede em relógios.
E a vida lá fora, me chama!

Fernanda Mello

10 comentários:

Marcela Alves disse...

Nossa bem, profundo..

A obrigada, também adoro as coisas que voce escreve aqui.. bjos

Myÿ h disse...

As dores físicas não são nada perto das dores emocionais, não é?
E é muito bom quando a gente vê que as tais dores emocionais finalmente foram curadas!

:*

Mary* disse...

Fiquei sem palavras diante da perfeição com que ela descreveu.

Tudo continua maravilhoso por aqui, querida ;*

SONHADORA disse...

AMEI
VOU VOLTAR

BEIJO

Pétala disse...

Simplesmente perfeito. Lu, essa Fernanda Mello lê mentes. E corações, também, rsrsrs.

Beijos e pétalas.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Realmente sofrer dói e faz bem quando passa, mas o melhor e mais gostoso, é quando a gente dá a volta por cima. Adorei amiga! Muito profundo.

Beijos,

Furtado.

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje estou agradecendo de um por um por eu ter alcançado mais de 100.000 visitas, isso não seria possível sem vc, meu muito obrigada.

Fim de semana de muitas bençãos.

beijooo.

Ive Kaveski disse...

Me apaixonei por este post.
Seu Blog é fantástico. *-*
Um beijo.:*

RM disse...

Perfeito!

Lu Olhosde Mar disse...

Fernanda sabe das coisas...