terça-feira, 3 de novembro de 2009


Desc. autoria da foto


"Eu não sei se a vida é que vai rápida demais
ou se sou eu que estou mais lento.
O que sei é que ando me atropelando nos próprios passos.
Eu resolvi desacelerar.
Eu vou no rítmo que posso.
Não é fácil.
É sabedoria que requer aprendizado!
Eu quero aprender.
O descompasso é a causa de todo cansaço.
O corpo é rápido, mas o coração não."




Pe. Fábio de Melo

9 comentários:

Mariana disse...

Gostei imensamente deste poema.
Reflexão pura.
Adorei.
Eu acho q a vida passa rápdia demais, ela é uma só.
Tenhas uma linda tarde de terça-feira.
Beijos

Maryama* disse...

Também gostei muito desse texto.
Me faz pensar muito na velocidade em que anda passando a minha vida.

Um grande beijo, querida ;*

Priscila disse...

Adorei Lucy, me inspirou! kkkkkk

Beijo.

Pelos caminhos da vida. disse...

BOM DIA!

Muita paz,
muita alegria,
muito amor e
muita saúde!

beijooo.

The Blues Is Alright disse...

Essa é a raiz do enfarte.

PS_ Broto, tem selo pra ti no meu blog.

Lua disse...

é verdade, precisamos seguir nosso ritmo na dança na vida, se nao la na frente vamo olhar pra trás e ver que nao vivemos tanto quanto por correr demais.

Beijoos!

Desmanche de Celebridades disse...

Oi,
Não precisa agradecer a visita.
Agradeço pela retribuição.
Abraço

Gabriela disse...

Deus sabe o que faz , e ele sabe o que fez quando coloco um homem tão lindo como o Fábio de Melo pra ser um dos seus ministros da palavra e quando lhe deu esse dom magnífico dom com as palavras .

Deus o abençoee . rsrsrs
Beijos Lucy =D

Lud disse...

Adorei o texto e a foto! Me fez viajar!