sábado, 12 de setembro de 2009

Sublimefantasticogenio

Ela censurou meus exageros! Ah! Tão delicadamente!
Tudo porque, de um copo de vinho a outro, acabo às vezes bebendo a garrafa inteira.
- Não faça isso - disse ela. - Pense em Lotte.
- Pensar! - respondi.
- Você precisa me pedir isso? Penso!...não, não penso!
Eu a tenho sempre em minha alma.
Hoje eu estive sentado no mesmo lugar em que, há poucos dias, a vi descer da carruagem...
Ela, então, desviou a conversa, impedindo-me de prosseguir naquele assunto.
Meu caro amigo, nada mais sou: ela pode fazer de mim o que quiser.

Ah,Goethe...que coisa mais lindaa.

2 comentários:

Lucas disse...

Perfeito!

Pétala disse...

Sem palavras....
Lindo!!!

Beijos e pétalas.