quarta-feira, 30 de setembro de 2009

diálogo




É verdade que os amores eternos nunca morrem?
- É. Ou não seriam eternos.
- Mesmo que a pessoa esteja longe de você?
- Mesmo que a pessoa esteja longe de você
- ela estará mais perto do que você pensa.
- E como sabemos que aquele amor é eterno?
- Não sabemos. Até um dia.
- O dia em que ele vai embora?

- É. O dia em que ele vai embora mas nunca parte.

Fábio Fabretti

8 comentários:

Sonhαdorα disse...

Lindo texto!!!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Qdo as almas são gêmeas o amor é eterno.

beijooo.

Wevertton disse...

Amei o texto! Passa la
O beijo

Nara Andrade disse...

UAU!
Salve aos tantos amores eternos. Eu acredito!

Beijos.

Luxuriaa disse...

eu amei esse texto... procurei e vi que esse autor tem uns maravilhosos... seu blog sempr eme inspirando...parabéns!

Dani disse...

amor não morre e nem vai embora, amor É... :)

obrigada pelo carinho, moça!

brendavianna disse...

o amor vai embora, mais nunca parte..

que diálogo lindo, beijos!

Rosemildo Sales Furtado disse...

No meu modesto entender, não acredito em amor eterno. Por mais verdadeiro e por maior que seja a sua intensidade, mesmo havendo reciprocidade, um dia poderá acontecer alguma decepção. Daí surge a desconfiança e, quer queiram, quer não, macula a relação.

Beijos,

Furtado.