quinta-feira, 9 de julho de 2009




Desculpe,não se pode negociar com a paixão.
Porque eu tambem não entendo ás vezes
esses caminhos que a vida tece.
E nós que morávamos um no outro,
ficamos sem casa.
Perdoe a falta de abrigo,é que agora
eu moro no caminho.



Marla de Queiroz

6 comentários:

Priscila Rôde disse...

Muitooo bom Lucy!! =)

Pelos caminhos da vida. disse...

Gostei!!

beijooo.

Déia disse...

Que poema mais lindo! Triste também..
A separação nos deixa sem lar, né? E lá vamos nos pelo caminho buscar outra morada! bjs

Hannah disse...

é difícil entender, o jeito é tocar em frente. Buscar outra direção.

jverdi disse...

Oi

Te convido pra conhecer meu Blog e minhas idéias.
Qdo. tiver um tempinho, dá um pulo lá.

http://www.julio-verdi.blogspot.com/


Bjs


Júlio Verdi

! Marcelo Cândido ! disse...

desculpas são necessárias
! ! !